Decidi que não quero mais alimentar-me com carne e peixe! E agora? O que vou comer? Como se confecciona?

Uma das decisões mais desafiantes que podemos tomar na nossa vida é, de facto, deixar de consumir carne e peixe. Mas nessa altura, algumas perguntas nos surgem invariavelmente na nossa mente: e agora, o que vou comer? como se confecciona? onde comprar?

Graças a Deus que nos dias de hoje a variedade, a diversidade e a proximidade com os alimentos é enorme! Mas temos que perceber que esta decisão não pode ser levada a cabo de um dia para o outro. O ritmo da retirada total da carne e do peixe depende da fisionomia de cada um, sendo que, regra geral, de 6 meses a 1 ano é totalmente possível sem qualquer sintomatologia associada. Muitos são os casos que conseguem em menos tempo, mas também há pessoas que necessitam de bem mais. A minha maior dificuldade prende-se com a escassa oferta em restaurantes fora de Lisboa e Porto, assim como em pequenos supermercados. Mas tudo isto se ultrapassa!

Voltando ao ponto em que decidimos iniciar a substituição da carne e do peixe pela vegetal, algo surge como inevitável: temos que aprender quais são as fontes de proteína vegetal! Depois é necessário aprender a substituir a proteína animal de cadáveres pela vegetal. Manter os ovos, o queijo, iogurtes numa primeira fase ajuda muito. Depois, com a adaptação, se pretenderem ir mais além, podem ir retirando. É bom se puderem adquirir um livro de receitas vegetarianas e visitar sites ou publicações na net para uma familiarização com uma nova “forma de fazer”.

Principais Fonte de Proteína Vegetal

Tofu, miso, seitan, tempeh, cogumelos, ervilhas, aveia, quinoa, grão, feijão, lentilhas, rebentos, frutos secos (nozes, cânhamo), sementes (chia, linhaça e outras), algas, levedura de cerveja;

Regras de Ouro

Em diversa literatura associada a estudos médicos fidedignos aparece o conceito de que no reino vegetal uma cadeia total de proteína está dividida por diversos alimentos de origem vegetal. Assim, é importante juntar sempre 3 proteínas vegetais para obter uma proteína total.

Agora, o importante é saber qual a dose diária recomendada de proteína para a sua idade e que os hidratos de carbono são energia que necessita ser consumida, gasta. Se não for consumida, ela deposita-se no organismo, sob a forma de GORDURA, situação que ao longo do tempo trás a sua disfuncionalidade; numa primeira fase, recorra à contagem da proteína e restantes nutrientes que consume diariamente e apoie-se na tabela (national nutrient database for standard reference release ou então na dietary reference intakes institute of medicine washington). DEVE fazer os ajustes necessários, tendo em consideração a sua actividade física, idade e outras variáveis em cada fase da vida.

Chegou a altura de pôr mãos à obra! Deve começar por seleccionar algumas receitas e fazer experiências. Anotar as combinações que mais gosta, sempre integrando 3 proteínas de origem vegetal em cada refeição e repeti-las de forma automática até ser capaz de “criar” as suas próprias receitas.

É importante ter sempre próximo reforços rápidos de proteína, pelo que deve fazer uma mistura de sementes e tê-la em cima da mesa da sala ou da cozinha e consumir com regularidade; inclua linhaça ou sementes de cânhamo, levedura de cerveja em batidos, iogurtes, etc.; utilize os frutos secos na alimentação, como nozes, castanha de caju, amendoim, quer seja secos, quer seja em manteigas (aprenda através do youtube)

Outros truques para optimizar os seus cozinhados é a adição de leguminosas, tofu, cogumelos, algas e miso às sopas; fazer combinações de cereais integrais e leguminosas (em rissóis, empadas, etc) para obter combinações proteicas mais completas. Nas principais refeições é importante optar por tofu, seitan, tempeh, leguminosas, aveia, quinoa, grão, feijão, cogumelos, algas. Sempre que sentir ser necessário, recorra à proteína de cânhamo, ervilha ou outras em pó para misturar em batidos.

Se sabe que ao almoço não irá ter possibilidade de usufruir de uma refeição completa e nutritiva, prepare um pequeno-almoço bem proteico e delicioso! 

No final disto tudo, coloque um grande sorriso na face e seja muito feliz!!


Deixar comentário